Cuidado com o Lado Negro da Criatividade

o lado negro da criatividade

Eu não canso de dizer que a criatividade é a chave para o século XXI. Mas assim como acontece com os melhores cavaleiros Jedi, a mente criativa também pode ser tentada e ceder ao Lado Negro da Força, quero dizer, da criatividade.

Então caro padawan, para não se tornar um aprendiz Sith, veja bem quais são as 3 maiores falhas que as pesquisas psicológicas recentes apontaram nas mentes criativas.

Mentiras
Pessoas criativas são aquelas que conseguem, conscientemente, dar foco à imaginação. Por conta disso, essas mesmas pessoas também tem mais facilidade em mentir. Um estudo realizado em 2008, que testou essa “habilidade”, dando aos participantes uma série de problemas diários para resolver, descobriu que as pessoas mais criativas contaram mais (e melhores) mentiras do que as menos criativas.

Conselho do Yoda: Uma mentira bem contada pode até te colocar em evidência, mas pode ter certeza não irá te levar muito longe.As relações pessoais e profissionais são guiadas pela admiração e respeito. Ninguém gosta de ter por perto alguém em quem não pode confiar.

Arrogância
Não há dúvidas de que saber transformar a imaginação em criatividade e criatividade em inovação é uma habilidade extremamente valiosa que imediatamente te destaca da multidão. Mas muito cuidado para não perder o controle sobre o próprio ego, porque estudos já provaram que as pessoas criativas tendem a ser mais arrogantes que as demais.

Conselho do Yoda: Por melhor que você seja, mantenha sempre seus dois pés no chão porque ninguém gosta de trabalhar ao lado de alguém que se acha Deus. Lembre-se que o mundo dá voltas e que aquela pessoa (ou empresa) que você menosprezou hoje, um dia quando você precisar, pode te deixar falando sozinho.

Desconfiança
A mente criativa é curiosa por natureza e justamente por isso, por desconfiar e querer ir além da forma como as coisas se apresentam, se torna capaz de gerar a flexibilidade de pensamento necessária para propor novos ângulos e soluções. Um  estudo realizado em 2011 conseguiu comprovar que as ideias mais criativas e que mostravam maior flexibilidade cognitiva vinham justamente dos participante apontados como sendo os mais desconfiados.

Conselho do Yoda: Ser curioso e questionar as coisas é fundamental para o processo criativo, o problema é quando isso se transforma em paranoia. Então cuidado com seu limite de “serás” e “porques” para não acabar paralisado por um monte de perguntas sem resposta. 

Agora que você já sabe quais são as tentações, cabe a você completar com sabedoria e dedicação o seu treinamento Jedi e ignorar as promessas vazias que o Lado Negro tem para oferecer.

Que a Força esteja com você!

 

Compartilhe
Assine nossa newsletter pra receber conteúdos exclusivos
Pode relaxar. Eu também odeio spam.